Prefeitura Municipal de Taquaruçu do Sul, 13 de Novembro de 2019
PROJETO PAPO DE MULHER NAS COMUNIDADES TEM SEU ENCERRAMENTO
Quinta - Feira, 31 de Outubro de 2019
Na tarde do dia 29 de outubro, no Salão Paroquial, cerca de 400 pessoas, em sua maioria absoluta mulheres do Município, estiveram reunidos para encerrar o projeto Papo de Mulher nas Comunidades.
Na tarde do dia 29 de outubro, no Salão Paroquial, cerca de 400 pessoas, em sua maioria absoluta mulheres do Município, estiveram reunidos para encerrar o projeto Papo de Mulher nas Comunidades. Oportunamente, a Senhora Valicir Melchiors Trebien, psicóloga, professora universitária, Coach Empresarial do Município de Itapiranga – SC proferiu palestra intitulada: Prevenção, auto estima, auto amor e sexualidade. A tarde foi de momentos de sensibilização,  gincanas alusivas ao tema, com muitos brindes e sorteios as participantes. O evento contou com as parcerias das cooperativas: CRESOL, SICREDI e EMATER.
 Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde, através das equipes vinculadas a Atenção Básica (ESF e NAAB). Nos dois meses que antecederam o encerramento do projeto Papo de Mulher, foram realizados grupos nas comunidades do interior do município para uma roda de conversas sobre prevenção, autoestima e sexualidade. O projeto teve como principal objetivo instruir as mulheres a estar conectada ao autocuidado físico, mental e sexual, com foco nas temáticas dos meses alusivos ao setembro amarelo, mês que trata da prevenção ao suicídio e outubro rosa, mês voltado para a prevenção do câncer de mama e de colo de útero,
O desenvolvimento deste projeto, desde o seu planejamento até a sua execução, instigou as profissionais Izabel Paterno Argenta, Assistente Social e Coordenadora do NAPSE e NAAB e Gisele Gambin, Enfermeira e Coordenadora da Atenção Básica, a pensarem estratégias de prevenção e cuidados a saúde das mulheres, e estimular as equipes de saúde a se manterem comprometidas com os bons resultados já conquistados pelo Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB). Com este resultado o município está sendo contemplado mensalmente com o valor de R$10.086,85.
Válido ressaltar que desde a adesão do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ) em 2013, a certificação de qualidade dos serviços de saúde oferecidos à população taquaruçuense se mantém Acima da Média, sendo que dos 26 municípios que compõem a 19ª Coordenadoria Regional de Saúde, Taquaruçu do Sul está desde 2014 entre os três municípios com a certificação acima da média, e na última avaliação, realizada no ano de 2018, o Município recebeu a classificação muito bom.
De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Ivan Marcos Albarello, “todo esse envolvimento de prevenção e cuidado ao suicídio, ao câncer de mama e colo de útero, foi devido ao olhar mais atento dos profissionais da Atenção Básica aos atendimentos realizados na UBS”.
Ademais, muitos têm sido os casos de cidadãos depressivos que são atendidos na Unidade Básica de Saúde (UBS), com sintomas suicidas, ou que pensam ou que planejam, ou que já tentaram tirar a própria vida. Há também casos homicidas, que se não houvesse a devida atenção e comprometimento das equipes provocaria uma tragédia ainda maior, ressalta Izabel Paterno Argenta, coordenadora do setor de Saúde Mental.
 Agir com urgência para prevenir mortes por suicido, estabelecer planos terapêuticos singulares e pedagógicos, em casos específicos de alunos em idade escolar, tem sido o comprometimento das equipes da saúde que compõem a rede de proteção a vida, compostas também do Conselho Tutelar; Equipes diretivas das escolas municipal e estadual; CRAS; e grupo da Legião de Maria, do município de Taquaruçu do Sul.
Também foi um dos objetivos do projeto desenvolver estratégias para conscientizar e estimular as mulheres a se tornarem multiplicadoras do processo de educação e prevenção em saúde da mulher e saúde mental na sua comunidade, destaca a enfermeira Gisele Gambin, coordenadora da Atenção Básica no município.
Para as equipes da saúde da Atenção Básica do município de Taquaruçu do Sul, se envolver no projeto Papo de Mulheres nas Comunidades,  foi ainda mais desafiante tocar de forma genérica na intimidade das relações sócia afetiva e sexual das mulheres. Para as equipes foi mais que um processo de educação permanente.
Atuar de forma interdisciplinar, integrada e comprometida com a realidade da saúde das nossas cidadãs mulheres na sua comunidade, local onde manifestam com maior intensidade suas vivências, seus medos, seus receios culturais e religiosos, compartilhando de seus conhecimentos em prol da prevenção das doenças que mais matam, num cenário com tantos obstáculos para manter o fortalecimento dos vínculos afetivos conjugais e familiares, ouvir vivências sexuais que extrapolam qualquer conhecimento técnico, sem dúvida este foi o maior desafio neste projeto, e todos foram efetivamente alcançados.
 
 
Fonte: PREFEITURA MUNICIPAL
FOTOS